O setor de segurança é conhecido pela
reinvenção e por seus dispositivos.

A segurança cibernética, o monitoramento remoto e outras tendências estão mudando o setor de segurança e de vigilância como nunca antes.

O vídeo IP está evoluindo para se tornar dados reais: uma fonte valiosa de inteligência comercial e patrimonial. Essa convergência de TI e de segurança criou uma indústria sedenta de inovação e gerou um grande número de novos participantes. Também criou uma oportunidade para que as organizações existentes reinventassem suas ofertas. Enquanto a crescente necessidade de uma qualidade de vídeo melhor está levando o mercado de vigilância de vídeo baseado em IP a crescer a um CAGR de 24,2%, o mercado de hardware (câmeras, gravadores, armazenamento, codificadores e monitores) deve crescer em 17,3%.

Imagine: os dispositivos que você imaginar podem ajudar os clientes em todos os setores não só a proteger suas empresas, mas a melhorá-las. Evidentemente, conforme a quantidade de dados gerados, armazenados e acessados aumenta, também há uma maior necessidade de protegê-los.

A Microsoft capacita, de forma digital, as organizações de segurança e vigilância, usando a força revolucionária da tecnologia e capacitando sua organização para imaginar novas formas de oferecer prevenção e proteção, gerando ao mesmo tempo resultados mais impactantes para as pessoas e as empresas que você protege.

À medida que você continua o planejamento e o desenvolvimento de seus dispositivos e soluções, certifique-se de considerar como a plataforma de IoT do Windows poderá ajudá-lo na:

Proteção do hardware

A fabricação de hardware está evoluindo para garantir a integridade do dispositivo. Ajude a criar segurança de ponta para empresas para seus dispositivos, com os recursos de segurança incorporados, como serviços de criptografia baseados em hardware que protegem os dados, mesmo se o sistema operacional estiver comprometido. Seus dispositivos modernos irão incluir UEFI (Universal Extensible Firmware Interface, Interface de firmware universal extensível) e um recurso de inicialização segura que ajuda a garantir que o firmware do dispositivo não tenha sido violado. O Windows 10 também aproveita o TPM (Trusted Platform Module, Módulo de plataforma confiável), que fornece serviços de criptografia baseados em hardware. E os recursos de virtualização baseada em processador (Intel VT-X) agora ajudam a isolar componentes e dados confidenciais contra ameaças de hackers e de malware. Os recursos avançados de bloqueio fornecem aos dispositivos de IoT uma camada extra de segurança, além de fornecerem uma experiência de dispositivo previsível para cenários de dispositivos de linha de negócios.

Proteção das identidades

Um dos maiores desafios que as empresas enfrentam está relacionado às identidades dos usuários e dos clientes, que são roubadas e mal utilizadas em um nível sem precedentes. Com o Microsoft Passport, seus dispositivos podem oferecer credenciais resistentes a violação, roubo e fraude, em uma experiência de logon único, além de segurança conveniente segurança de nível corporativo para as empresas e os consumidores. Com a inclusão do Azure Active Directory e do AAD Join, os fabricantes de dispositivos e soluções permitem acesso à conta para dispositivos conjuntos que não são do domínio com logon único e gerenciabilidade em locais diferentes.

Proteção dos dados

Os dados devem estar seguros tanto em repouso quanto em trânsito, se for esperado que estejam seguros, mesmo se os próprios volumes gravados estiverem comprometidos por meio de perda ou roubo. A tecnologia de criptografia de disco completo da Microsoft líder do setor criptografa todo o volume do sistema e quaisquer volumes particionados nos seis dispositivos IoT Windows 10. Para os dados em trânsito, o Azure utiliza protocolos de transporte padrão do setor entre os dispositivos do usuário e os datacenters da Microsoft e dentro dos próprios datacenters do Azure. Para os dados em repouso, o Azure oferece uma ampla variedade de recursos de criptografia até AES-256, proporcionado a você a flexibilidade de escolher a solução que melhor atenda às suas necessidades de modo a garantir a segurança de borda na nuvem.

Proteção das conexões e da identidade do dispositivo

Os dispositivos IoT usados em aplicativos de segurança física, geralmente compartilham a mesma rede com outros dispositivos IoT para finalidades distintas. Ajudar a manter a segurança da comunicação entre esses dispositivos IoT quando as informações confidenciais são trocadas é uma exigência crítica, mas geralmente ignorada pelos fabricantes de dispositivos. No entanto, o Windows 10 IoT foi projetado para oferecer suporte nativo a várias metodologias de criptografia para a comunicação entre o setor e os dispositivos móveis, diferenciando os dispositivos que você cria dos outros. As empresas podem confiar em seus dispositivos que usam Windows 10 IoT com segurança de nível corporativo para ajudar a proteger a identidade do usuário por meio de autenticação de dois fatores, proteger informações confidenciais por meio de criptografia de dados do dispositivo e proteger contra o acesso não autorizado por meio de acesso remoto seguro.

Proteção das instalações

A segurança das instalações físicas é fundamental. O acesso a ferramentas como teclas físicas, cartões de chaves, teclados, scanners para biometria e guardas de segurança são apenas o começo. Mesmo o menor dos dispositivos que você cria com Windows 10 IoT pode fornecer suporte para TPM padrão da indústria. Os sistemas estão mais seguros quando cada dispositivo é reforçado e resiliente com relação à segurança, protegendo os dados do cliente, mantendo a privacidade e limitando o acesso a outros sistemas.

Prepare-se para transformar seus negócios com a tecnologia da Microsoft

À medida que a IoT continua a evoluir, se torna cada vez mais importante criar dispositivos em uma plataforma de IoT que equilibre corretamente as necessidades de segurança, a experiência do usuário e as restrições de recursos de vários dispositivos diferentes. A Microsoft fornece segurança de nível corporativo para proteger as identidades do usuário e do dispositivo, dos dados e das conexões. O Windows 10 permite hoje o desenvolvimento de dispositivos com tecnologias avançadas de segurança, em uma plataforma que está sempre inovando para atender às demandas do futuro. Detecte de forma proativa as vulnerabilidades de segurança, restrinja automaticamente o acesso e forneça notificações e recomendações em serviços de nuvem e identidade com o Azure Security Center.